informe o texto a ser procurado
Mato Grosso, segunda-feira, 27 de setembro de 2021

Notícias / Política

24/07/2021 | 09:55

Comparações entre vacinação na Capital e em Campo Grande são descabidas; Veja dados

Da Redação

Números divulgados pela prefeitura de Cuiabá evidenciam como são descabidas as comparações feitas entre a vacinação contra a Covid-19 na Capital e Campo Grande (MS). 

Cuiabá até o momento recebeu 42% a menos de doses que Campo Grande (317.267 imunizantes a menos). 

Este dado, por si só, mostra que é completamente normal que a cobertura vacinal seja maior no estado vizinho, levando-se em conta a grande quantidade de vacinas a mais recebidas por eles. 

Além disso, Campo Grande recebeu 50,9% a mais de lotes da Coronavac, que favorece a rapidez na aplicação da segunda dose, pois o intervalo de aplicação entre as duas doses é de 28 dias. 

Campo Grande recebeu ainda 70,5% de doses a mais da vacina Janssen, que é dose única, o que favorece o aumento da cobertura vacinal da população.

Até o momento a Capital de Mato Grosso aplicou 89,5% de todas as doses destinadas para a primeira aplicação. Este percentual pode ser ainda maior, se forem levadas em conta as perdas técnicas e o que ainda não entrou no registro oficial do Plano Nacional de Imunização. 

Neste caso, Cuiabá chega a 96,6% de utilização das doses. 

“Ao contrário do que muita gente fala, Cuiabá não tem doses estocadas. O Tribunal de Contas do Estado, Ministério Público Estadual e Controladoria Geral da União fizeram auditoria na rede de Frio do Município e constataram que não há doses destinadas para primeira aplicação guardadas. As que estão estocadas são aquelas destinadas para segunda dose e que ainda não estão no momento de serem aplicadas”, afirmou o prefeito Emanuel Pinheiro.
 

GW100 News

 
Sitevip Internet