informe o texto a ser procurado
Mato Grosso, segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Notícias / GW

20/03/2020 | 14:27 - Atualizada em 20/03/2020 | 14:39

Servidores em salas lotadas imploram para Mendes autorizar sistema home office

Da Redação

Servidores da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) realizaram um protesto contra o governador Mauro Mendes (DEM),  por não conhecer a realidade da pasta, e assim, continuar mantendo os servidores trabalhando em salas lotadas sob o risco de contrair o covid-19 (novo coronavírus). 

Ao invés de adotar a medida home office (trabalho de casa), como diversos órgãos já estão adotando a medida, parece que o chefe do Executivo paga para ver o caos do coronavírus aumentar. 


Nota ao governador

Mauro Mendes é prisioneiro de suas convicções e por isso não consegue cuidar das pessoas.  Até agora governou exclusivamente para os ricos,  combatendo e criminalizando os servidores públicos e destruindo os serviços públicos. 

Ele não consegue entender que a crise econômica que virá é porque as pessoas vão adoecer e muitas vão morrer. Quem move a economia não é a meia duzia de empresários bilionários que exploram os trabalhadores  e sugam o Estado. 

Quem move a economia são as pessoas, milhoes de pessoas. Cuidar das pessoas em primeiro lugar é questão de bom senso;  mesmo que no egoismo, o governante só se preocupe com os bilhoes de dólares que sua trupe irá perder. 

É por completa falta de visão que Mauro Mendes mantém, criminosamente, aglomerações em salas fechadas nas quais não há como.manter distância.  Salas com.10, 20, 30 até 60 pessoas por 8h seguidas. 

A obsessão pelo controle dos corpos dos servidores, e não.pelo que produzem,  é a expressão da mediocridade governamental cujo monumento é o PONTO BIOMÉTRICO. Na ausência de capacidade intelectual para organizar o trabalho nos serviços públicos; é assim que a mediocridade rancorosa se vinga de nós e exercece a inutilidade de seu poder. 

Liberar os servidores; para o Governador e para os que pensam como ele; significa autorizar os vagabundos à vagabundagem oficial.  E assim, tranforma milhares de servidores em bombas humanas de transmissão e propagação do vírus. 

Sem qualquer medida efetiva que proteja as pessoas e, criando focos de contaminação e propagação, é assim que o Governo e sua inteligência pretende combater a pandemia  num estado no qual a maioria dos municipios nao tem leitos de UTI e a saúde pública já é, cotidianamente; uma tragédia. 

Que bom que os servidores estão reagindo e não estão esperando a ação de direções sindicais, muitas vezes  burocratizadas. 
Viver não é um privilégio que o governo.possa nos conceder!! É nosso direito natural!!   

Quando um governo não tem responsabilidade com as vidas que deveria proteger; não nos resta saída senão a desobediência; já que obedecê-lo é abdicar do nosso direito à vida!! 

Parabéns à mobilização espontânea d@s servidor@s da SETASC, secretaria onde está soterrada a pasta dos Direitos Humanos!!
 

GW100 News

 
Sitevip Internet