informe o texto a ser procurado
Mato Grosso, quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Notícias / Política

19/11/2021 | 09:46

Ao acatar pedido de defesa de Emanuel, ministro fala 'soberania do voto popular'

Da Redação

Na decisão concedida na tarde de quinta-feira que (18), suspendendo o afastamento do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins, citou a “soberania do voto popular”. 

O magistrado atendeu a um pedido da defesa do emedebista e viu grave lesão à ordem público na decisão que afastou Emanuel de suas atividades. 

Ele lembrou, inclusive, o contexto social grave da pandemia de Covid-19.
Cenário que, a perdurar o afastamento, pode acarretar uma ruptura na estabilidade da gestão municipal, o que só trará prejuízos à comunidade.

“Outrossim, a excepcionalidade do afastamento do cargo de prefeito mostra-
se coerente com o respeito à decisão soberana tomada pelo povo no exercício 
democrático do voto, que não pode sofrer intervenção judicial sem um lastro probatório robusto”, disparou o ministro. 

A expectativa é de que o segundo afastamento que pesa contra Emanuel seja derrubado brevemente, garantindo o retorno do prefeito ao cargo que lhe foi dado por vontade da população cuiabana.
 

GW100 News

 
Sitevip Internet