informe o texto a ser procurado
Mato Grosso, quinta-feira, 27 de janeiro de 2022

Notícias / Política

30/11/2021 | 09:33

Juiz nega pedido de Pivetta para 'silenciar' ex-mulher

Da Redação

O juiz Yale Sabo Mendes, da 7ª Vara Cível, negou o pedido do vice-governador Otaviano Pivetta (sem partido), que tentava bloquear as redes sociais da sua ex-esposa, a advogada Viviane Kawamoto. 

Pivetta foi acusado pela ex-companheira de agressão, tendo as acusações sido comprovadas em um laudo do Corpo de Bombeiros. Na última semana, o Ministério Público acabou arquivando uma denúncia da advogada contra Pivetta, que era acusado também de violência psicológica. 

Nesta nova ação, a defesa do vice-governador alegou que Viviane teria descumprido a ordem judicial que a proibia de divulgar conversas privadas entre ela e o ex-marido. 

Já os advogados da vítima, argumentaram que a ordem judicial não a proibia de expressar sua opinião ou falar do ex-marido.

O magistrado concordou com tais argumentos e decidiu pela negativa do pedido formulado pelo político. 

“Depreende-se dos documentos juntados pelo Autor que a divulgação/publicação tão somente de fotos pela Requerida em sua rede social, ainda que na companhia dele, contendo comentários pessoais a respeito do relacionamento conjugal que existia entre eles, frise-se, sem a divulgação de conversas privadas, não se enquadra aos motivos externados para o qual foi formulado o pedido de tutela na petição inicial, tampouco aos fundamentos para o deferimento da decisão supra epigrafada", explicou.

Viviane e o vice-governador vem travando uma briga na Justiça desde o fim do casamento, ocorrido neste ano, após ela o denunciá-lo à Polícia por violência doméstica, durante uma viagem a Santa Catarina. 

A acusação contra o vice-governador ganhou repercussão no Estado e chegou a ser destaque no Fantástico. Ele, contudo, nega o episódio.
 

GW100 News

 
Sitevip Internet